A minha Lista de blogues

quarta-feira, 26 de julho de 2017

O baralho de cartas e o calendário






Não ficou registado quem criou o conhecido baralho de cartas, como o conhecemos no ocidente. Parece que o design francês, influenciado pelo estilo oriental, se tornou a referência mundial, incorporando os quatro naipes modernos: espadas, copas, ouros e paus. 
Apesar de não termos o nome de um criador o seu legado cultural é muito importante.









Sabia que o baralho tradicional é de facto uma forma engenhosa de calendário?

Há 52 semanas num ano e também 52 cartas num baralho.

Há 13 semanas em cada estação do ano e também 13 cartas em cada naipe.

Há 4 estações num ano e 4 naipes num baralho.

Há 12 meses num ano e 12 cartas com figuras, que representam o Rei, Rainha e Valete em cada naipe.

Se somarmos o valor das cartas (1+2+3+4+5+6+7+8+9+10+11+12+13) dá 91. Se multiplicarmos por 4 (4 naipes) dá 364. Se adicionarmos o joker chegamos ao número 365, os dias num ano.
Alguns jogos usam 2 jokers, indicando assim o ano bissexto.

Fiquei intrigada quando me contaram. Afinal um jogo de cartas pode significar muito mais, além de ser perfeito em termos matemáticos...



Sem comentários:

Enviar um comentário